Sites Grátis no Comunidades.net Criar um Site Grátis Fantástico




ONLINE
1





Partilhe esta Página



Total de visitas: 13512
Leites Vegetarianos
Leites Vegetarianos

LEITES VEGETARIANOS

 

Você já ouviu falar em leite de arroz?  E de gergelim?  Apesar de soar estranho, essas bebidas são aliadas das pessoas que têm intolerância ou alergia à lactose ou mesmo de quem opta por reduzir o consumo do leite de vaca.  Chamados de leites vegetais, os líquidos são obtidos da mistura de água e grãos, sementes ou cereais.

- Usamos a denominação “leite” pelo aspecto que essas bebidas apresentam, apesar de não derivarem de glândulas mamárias – esclarece a nutricionista funcional Maribel Melos.

Os mais comuns são os feitos a partir de arroz, amêndoas, coco ou aveia.  Segundo a nutricionista Simone Bach, eles têm tantos nutrientes quanto os leites de origem animal e podem substitui-los em receitas e preparações, mas o sabor poderá ser alterado.

- De maneira geral, os leites vegetais não causam inflamações no organismo.  Também são fontes de vitamina E e vitaminas do complexo B, minerais como magnésio e gorduras boas como o ômega 3.  Eles podem ter mais ou menos proteína em comparação com o leite de vaca, dependendo da matéria-prima escolhida – explica Simone.

Mas antes de experimentar as bebidas vegetais, é preciso ficar atento a possíveis alergias ao produto base da produção.

- Sementes oleaginosas como amêndoas, castanhas, o gergelim e a linhaça, frequentemente causam alergia, principalmente para crianças menores de um ano.  Por isso deve-se ter um cuidado especial ao oferecer esses tipos de leites para esse grupo e também para pessoas de qualquer idade que manifestarem sinais de alergia – alerta Simone.

Maribel ressalta que os pequenos lactentes devem evitar as bebidas vegetais, pois elas não fornecem todos os aminoácidos essenciais nessa fase.

 

SABORES E NUTRIENTES

Veja alguns tipos de bebidas vegetais e suas principais características.

AMÊNDOA:  sabor levemente adocicado.  Rico em proteínas, vitaminas E e D e antioxidantes.  Também é boa fonte de cálcio e magnésio.

ARROZ:  sabor mais suave dentre todos.  Contém fósforo, potássio, ferro e magnésio, além de ser uma ótima fonte de vitaminas do complexo B, fundamentais na formação de energia das nossas células.  Tem menos proteína e mais carboidrato.

AVEIA:  sabor leve e agradável.  Rico em vitamina E e vitaminas do complexo B, é boa fonte de minerais como potássio, selênio, cobre, zinco, cálcio e magnésio.  Tem um papel importante no controle da glicemia, na função intestinal e no aumento dos níveis de serotonina, que combatem a depressão.

AVELÃ:  sabor marcante, combina com café.

CASTANHA DO PARÁ:  sabor suave, bastante gorduroso e calórico.  É fonte de selênio, gorduras boas, vitaminas E e B1, rico em aminoácidos essenciais.

CASTANHA DE CAJU:  suave e levemente adocicado.  Serve para substituir o leite sem alterar o sabor da receita.  Tem boa distribuição de proteínas, gorduras e carboidratos.

LEITE DE COCO:  tem sabor da fruta e é mais cremoso.  Contém diversas vitaminas e minerais.  Tem um papel importante na melhora do sistema imunológico.

GERGELIM:  é muito rico em cálcio.

QUINOA:  tem sabor marcante e levemente amargo.  Ótimo teor de proteínas.

 

Fontes:  nutricionistas Maribel Melos, Simone Bach e Fernando Bortolon.

              Jornal ZeroHora/Camila Kosachenco em 12/09/2015